China sabota viagem a passeio de cristãos por temer celebração de batismo nas águas

  • 15/11/2021
  • 0 Comentário(s)

China sabota viagem a passeio de cristãos por temer celebração de batismo nas águas

Uma igreja doméstica na cidade de Shenzhen, na China, tentou celebrar seu aniversário de cinco anos com uma viagem dos membros, mas o passeio foi impedido pela Polícia, que temia que os fiéis realizassem um batismo nas águas para novos convertidos.

Os fiéis que se inscreveram na viagem a passeio não esperavam que alguns membros fossem ameaçados pela Polícia de antemão e acabassem impedidos de ir. No dia que o grupo restante chegou ao destino turístico, a reserva de acomodação foi cancelada à força no último minuto devido à pressão policial.

A Igreja Trinity Gospel Harvest na província de Guangdong tem estado no radar das autoridades locais, pois os líderes desta igreja doméstica assinaram “Uma Declaração para o Bem da Fé Cristã” escrita pelo conhecido pastor Wang Yi, que defende a liberdade religiosa.

Além disso, a igreja atraiu muitos ativistas, o que deixou o governo nervoso. Cheng Yuan, um defensor dos direitos humanos, que foi preso por suas atividades em ONGs em 2019, também era membro desta igreja.

De acordo com a entidade de defesa da liberdade religiosa China Aid, em comemoração ao 5º aniversário da igreja em 5 de setembro, a igreja planejou uma viagem à praia de Huizhou e reservou um hotel para aquele fim de semana.

Ainda antes de a viagem acontecer, o pessoal da segurança do estado alertou alguns membros para não participarem, reduzindo assim o tamanho do grupo.

No dia 4 de setembro, depois que o grupo almoçou junto e se dirigiu ao hotel, o proprietário de repente informou que iria reembolsá-los e não poderia mais permitir que eles ficassem lá. Seu motivo era que o pastor Mao Zhibin e quatro outros cristãos já haviam sido notados pela delegacia de polícia local, e por esse motivo os demais fiéis não poderiam se hospedar em nenhum hotel.

O dono do restaurante veio em seu auxílio e ofereceu uma vila para eles, mas os cinco cristãos na lista negra tiveram dificuldade em encontrar um lugar para ficar. Todos os hotéis locais foram notificados pela polícia de sua situação.

Felizmente, eles logo encontraram um lugar para se hospedar na casa de um fazendeiro da região. Às 22 horas, os que ficaram na vila foram visitados pela polícia. Dois policiais verificaram a identidade de todos e forçaram aqueles sem identidade a ficar em outro lugar.

O proprietário teve que transferi-los para outros quartos antes de ser interrogado na delegacia até as 4h do dia seguinte.

Em 5 de setembro, a praia em Huizhou ficou lotada de policiais, já que as autoridades locais em Shenzhen e Huizhou erroneamente presumiram que a igreja iria realizar batismos na praia, gerando clima de tensão na cidade e entre os fiéis.

Segundo informações da International Christian Concern (ICC), casos desafiadores para a Igreja Trinity Gospel Harvest se tornaram recorrentes desde que um culto online foi interrompido.

Após esse evento, o templo da igreja foi invadido e os fiéis, dispersados: “Isso mostra que qualquer igreja considerada fora do controle do estado não é bem-vinda na China hoje”, resumiu a entidade.


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Vou Voltar Para Casa

Josinei Melo

top2
2. Não Desanime

Gleyson Kelvenys

top3
3. Casa do pai

Aline Barros

top4
4. Acalma o meu coração

Anderson Freire

top5
5. Ressuscita-me

Aline Barros

Anunciantes